Alma errante

Alex Stoddard

Alex Stoddard

Minha alma

irrequieta

vagueia

rasga escuros

invade escombros

habita cavernas

Minha alma

destemida

intimida precipícios

com sua imortalidade

Minha alma

intrusa permeia

espaços e corpos

Minha alma errante

precisa

repousar

Convivência

Catherine Chauloux

Catherine Chauloux

Ah! a loucura

tanto

me assombrou

negros vultos

vozes roucas

vazios e curvas

Venci o medo

passeamos juntas

pela roda da fortuna

na não linear linha

de tempo

juntas rimos

e dançamos

até que exaustas

dormimos uma

nos braços da outra.