Passagem

Natalie Sue

Natalie Sue

As coisas findas
uma vez
idas
não mais voltarão.
Da eternidade
não participam
na imortalidade
não vingam.
As coisas findas
murcham
silenciosamente.

Advertisements

silêncio

Dima Dmitriev

Dima Dmitriev

Deixa dormir
o pouco
que restou.
Embala
as lembranças
entorna
as promessas
embriaga
o que era
para ter sido.
Acabou.

NÃO HÁ COMO NEGAR

Christian Schloe

Christian Schloe

Não há como negar.
Chovem abraços
e na tarde cálida
mãos esquálidas
me enlaçam.
Não há como negar
restam
esperanças
verdes
voláteis
sobre o cortinado
que envolve as janelas.
Não há como negar
mesmo a dor
escorre
como chuva
sobre as telhas úmidas.

Basta!

Jang Yong Gil

Jang Yong Gil

Cansa-me o mundo
monocromático
fotoshópico
globalizado
autoconsumível.
Basta
de padronizações!
Quero mergulhar
em todas as
diferenças
nadar nos róseos lagos
gastar-me
em miudezas.